sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

HÁ 80 ANOS

      “Carnaval nos Arcos da Lapa”, tela de Heitor dos Prazeres (1898-1966), músico e compositor carioca que também foi pintor primitivista. Ele participou da I Bienal de São Paulo, em 1951 e sua obra ficou em terceiro lugar (prêmio aquisição). O trabalho foi exibido na Bienal de Veneza e no I Festival Mundial de Arte Negra de Dakar. É dele e de Noel Rosas (1910-1937) o clássico “Pierrô apaixonado”, sucesso do Carnaval de 1936, gravado pela dupla Joel e Gaúcho. 
        O registro vale porque faltam menos de 30 dias para o "tríduo momístico" - como se costumava dizer no início do século passado. Carnavalescos esquentando os tamborins.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário