sexta-feira, 29 de abril de 2016

DIA INTERNACIONAL DA DANÇA

“A dança é uma das raras atividades humanas em que o homem se encontra totalmente engajado: corpo, espírito e coração. A dança é um esporte (só que completo). A dança é também uma meditação, um meio de conhecimento a um só tempo introspectivo e do mundo exterior.” Maurice Béjart, prefácio do livro Dançar a vida, de Roger Garaudy.


O azul é a cor predominante de Le Moulin de la Galette, quadro que Auguste Renoir (1841-1919) pintou em 1876. O artista registra a cena de um baile no famoso cabaré de Montmartre. A tela (131x175cm), que pode ser vista no Museu d’Orsay em Paris, tem o frescor da primavera.




Henry Toulouse-Lautrec (1864-1901) também frequentava Le Moulin de la Galette que foi o tema da obra que ele apresentou no Salão dos Independentes em 1889. Nesse mesmo ano foi inaugurado o Moulin Rouge e Toulouse-Lautrec foi contratado para fazer os cartazes da casa, que passou a frequentar. O novo cabaré tornou-se cenário de várias obras dele, onde se destacaram dançarinas anônimas e famosas, como Louise Weber e Jane Abril.  


Eles também têm seu encanto.