terça-feira, 30 de agosto de 2016




QUANTAS vezes a memória
Para fingir que inda é gente,
Nos conta uma grande história
Em que ninguém está presente.


(Quadras ao gosto popular. Fernando Pessoa.)
Foto: Baú dos tempos do Morgado de Mateus, Arquivo do Estado de São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário