domingo, 23 de outubro de 2016

DOMINGO, DIA DE FOLGA.


FESTA NO ARRAIAL, Anita Malfatti, década de 1940.


DOMINGO IREI para as hortas na pessoa dos outros,
Contente da minha anonimidade.
Domingo serei feliz — eles, eles...
Domingo...
Hoje é quinta-feira da semana que não tem domingo...
Nenhum domingo. —
Nunca domingo. —
Mas sempre haverá alguém nas hortas no domingo que vem.
Assim passa a vida,
Subtil para quem sente,
Mais ou menos para quem pensa:
Haverá sempre alguém nas hortas ao domingo,
Não no nosso domingo,
Não no meu domingo,
Não no domingo...
Mas sempre haverá outros nas hortas e ao domingo!
9-8-1934

Poesias de Álvaro de Campos. Fernando Pessoa.